Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Just Ride

"Even if I lose this feeling, I’m sure that I’ll just fall in love with you all over again." - Syaoran Li, Card Captor Sakura

Just Ride

"Even if I lose this feeling, I’m sure that I’ll just fall in love with you all over again." - Syaoran Li, Card Captor Sakura

Aquelas pessoas que me fazem sobreviver à faculdade e porquê...

Dezembro 19, 2018

Ando na faculdade desde 2016 e conheci pessoas fantásticas que me fazem sobreviver aos ataques de pânico, aqueles pequenos ataques onde penso sempre que não vale a pena eu estar ali, que eu nunca vou conseguir ser uma historiadora de arte, enfim...pequenos ataques que se não fossem estas pessoas eu não conseguia sobreviver.

Para além da minha família e da K. que sempre estiveram para mim lá deste sempre, eu ganhei mais duas amigas que me ajudam incondicionalmente.

Primeiramente temos a MsP, eu já falei dela aqui, mas nunca passei muito de dizer apenas MsP. No primeiro dia de aulas eu via logo quando estava à espera para entrar dentro da sala. No preciso momento que a vi eu senti logo que queria ser amiga dela. Não falámos logo, mas houve um dia que estava eu no bar com mais duas colegas e ela veio ter connosco, sentou-se na nossa mesa e começámos a falar. Desde esse dia que a aula da tarde ela sentou-se ao meu lado e não voltou a separar-se de nós. Ficámos grandes amigas.

Se não fosse ela eu não conseguia sobreviver às aulas secantes, onde a única salvação que eu tenho são os seus comentários engraçados à roupa dos professores e comentar alguma coisa engraçada sobre a matéria em questão, tornando a matéria mais engraçada e mais entretida. É ela que quando a aula está muito massadora conta o tempo no nosso caderno, de 10 em 10 minutos lá aparece a contagem. É ela que cada vez que preciso de alguma coisa apontamentos em livros posso contar, porque de certeza que ela já leu o livro em questão.

E temos a MpA. Conheci-a no primeiro dia de aulas do meu primeiro ano, na minha primeira aula. Conhecemo-nos, quando me sentei e ela perguntou-me: "És de que curso?" eu: "História da Arte" Ela: "Posso me sentar ao teu lado?" (estávamos a uma cadeira de distância) Eu: "Claro. Eu sou a Mariana." Ela: "Eu sou a M." Nesse dia almoçamos as duas juntas e no dia a seguir, encontrámo-nos a caminho da faculdade, o que foi engraçado.

O que posso dizer sobre ela...realmente se não fosse ela eu já tinha desistido devido às minhas inseguranças. Se formos ver, eu morro só com uma apresentação oral, eu morro para receber um teste e eu morro para fazer um teste.E ela está sempre lám não só para gozar com os meus ataques cada vez que parece o meu nome, mas não chega a ser o meu nome. Quando lhe mando uma mensagem a dizer que estou a morrer por dentro ela pergunta-me sempre se quer que ela me ligue, eu pego no telemóvel e ligo para ela: durante 30/40 minutos ficamos ao telemóvel (não é preciso ser nestas alturas, o normal das nossas conversas é demorarem esse mesmo tempo), até eu me sentir mais segura, normalmente ela só diz coisas para me fazer rir e isso alivia sempre o meu stress. No dia antes dos testes e antes das apresentações orais, ela diz sempre coisas para me acalmar, normalmente não resulta muito, mas numa das últimas vezes estivemos a fazer histórias (aquele tipo de histórias que escrevemos uma frase e a outra escreve outra, mas nunca sabemos o que a outra escreveu, acabando por fazer uma história muito esquisita sem sentido nenhum, mas engraçada) e isso realmente acalmou-me. 

Não posso deixar passar as mensagens de motivação que ela me manda, dando-me sempre apoio e deixando-me sempre com uma grande vontade de chorar, por ver que ela gosta realmente de mim.

Se eu recebo alguma nota boa fazemos a festa as três, se eu recebo uma nota menos boa (na minha concessão de bom) elas reclamam com o professor indignadas como se a nota fosse delas e não minha, principalmente a MsP. É isso que eu gosto nelas, preocupamo-nos umas com as outras e se precisamos de alguma coisas estamos sempre lá uma para as outras. 

No meu aniversário, a MpA ofereceu-me um desenho, um desenho da Branca de Neve a contar uma história de terror aos Sete Anões e por trás do desenho tenho uma mensagem motivadora, cada vez que me sinto mais em baixo, e não lhe quero estar a chatear, olho sempre para o desenho que está pendurado na parede do meu quarto. Olho para ele e penso nas palavras que estão por trás do desenho e fico melhor.

SW.png

A faculdade deu-me duas pessoas fantásticas e eu não podia ter desejado melhor, claro que falo mais pessoas e que me dou com mais gente, mas estas duas são fantásticas! Sem elas eu não conseguia sobreviver aos dias dolorosos da faculdade.

Beijinhos 

1 comentário

Comentar post

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2015
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2014
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2013
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2012
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D