Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Just Ride

"Even if I lose this feeling, I’m sure that I’ll just fall in love with you all over again." - Syaoran Li, Card Captor Sakura

Just Ride

"Even if I lose this feeling, I’m sure that I’ll just fall in love with you all over again." - Syaoran Li, Card Captor Sakura

Fui a Coimbra e gostava de ter visto mais

Novembro 06, 2018

Estão a ver aquela visita de estudo que vos valei, que ia fazer a Coimbra para ver o Urbanismo da cidade? Pois bem, finalmente consegui fazê-la, mas adivinhem...foi giro, mas podia ter sigo melhor.

Primeiro o facto de estar a chover no dia 30 de outubro, não ajudou muito. A meu ver não é um grande condicionamento, mas para os professores foi um bocado por isso...

Partida da faculdade às 8:20h da manhã, chegada prevista a Coimbra: 10h, chegada oficial: 11:20h. Primeira coisa que vimos, Museu Nacional Machado de Castro. Era suposto só termos ido ver uma zona do Museu que era designada a parte Romana, o nascimento da cidade de Coimbra.

241ac8ea-4505-4d9c-912f-e15a4a2fd7e4.jpg

8b7c355f-5520-4b22-a5dd-4f5b7e19ecad.jpg

 

Como estava chover, acabámos por ir à zona da escultura, seguimos para a zona da escultura em terracota, para a ourivesaria e por fim...pintura, passando por vários quadros (até aproveitei para tirar algumas fotografias a quadros com Crossas para o meu trabalho de Artes Decorativas, assim como para tirar fotos de crossas mas o mesmo trabalho). 

1cf5974b-0d04-40bc-a0c4-90c44580c49f.jpg

a36333fb-d940-47ef-9da7-dba6e79c0ef3.jpg

396a5c4b-970d-4f26-8728-7a6576dc6b2f.jpg

133c7479-d6b3-4326-9fe9-8201bd28ce37.jpg

A organização do Museu é interessante, foi a primeira vez que fui a tal museu, mas fiquei muito fascinada principalmente com a maneira como organizam a Ourivesaria, a pintura, não há muita diversidade para a expor, mas mesmo assim, a articulação com o tempo, e com o tema foi muito bem conseguido.

Com a chuva, o passeio pelas ruas de Coimbra a pé, foi por água a baixo (literalmente). Quando reparámos tínhamos uma hora para almoçar, porque tínhamos de estar com a professora de Coimbra que nos ia dar a segunda parte da aula às 14:30h e só tínhamos 1:30h de almoço. Decidimos ir todos a uma "tasca" (como o professor lhe chamou) almoçar. Perto da Ágora universitária (é tipo cidade universitária só que em vez de ser em Lisboa é em Coimbra). Fomos ao todo 16 alunos, almoçamos 14 lá com os professores.

Por volta das 14:20 saímos e fomos ao pátio onde uma das portas ia dar à biblioteca Joanina. Vocês sabem, aquela biblioteca que é considerada uma das mais bonitas. Adivinhem lá quem é que não viu essa mesma beleza? Aqui a Je, porquê, falta de tempo e porque se pagava.

61bd31fb-060d-4202-a007-c83245fd6ba2.jpg

f44bf04b-ebe3-475b-abb6-355644665b2c.jpg

A parte da tarde, foi gira, mas podia ter sido muito, mas mesmo muito melhor. A professora falava e apesar de baixo conseguíamos ouvir e essa foi a melhor parte! Entrámos dentro da faculdade de Matemática e de Medicina (e devo dizer que cheirava muito mal - a meu ver, a vomitado - mas a desculpa que nós ouvimos era que no piso térreo era o departamento de Medicina Legal (ou seja, mortos) e mais não digo...) Tivemos de esperar mais de 10 minutos pelo autocarro para nos vir apanhar, nós que estávamos a congelar - uma colega minha tinha levado barrinhas de chocolate: ela nem conseguia trincar de tão duras que estavam com o frio.

Lá o autocarro apareceu e os professores já nos tinham dito para nós nos sentarmos mais para a frente para conseguirmos ouvir a professora quando falasse. Isso foi tipo os 10 primeiros minutos? Sim talvez, porque depois disso, ela não falou mais para os 16 alunos que estavam atrás dela, ficou a falar com um dos professores. No final, por volta das 17 horas, deixámos a professora de volta à universidade e seguimos para Lisboa.

e9e99dc1-e544-4cc6-af1c-32ffc15e3b4b.jpg

b67867c7-08c2-40f3-a655-aeb8cda4b9c3.jpg

Regresso estimado: 19h, hora real: 20:20h. Chegada a casa: 21:28h.

Conclusão: A visita foi boa no sentido de ver a arte do museu e compreender coisas que não sabia, principalmente da arte, não por eu ter já dado a matéria dos quadros no semestre passado, mas sim porque um dos professores que foi connosco é um professor de história da arte com especialização em renascimento e maneirismo. 

Acho que apesar da chuva devíamos ter andado pelas ruas, afinal era esse mesmo o objetivo da visita, conhecer a cidade andando (a pé) pelas suas ruas. Andar pela rua da Sofia, que era antigamente considerada a rua mais larga da Europa. Saber onde estava uma igreja essa mesma rua que agora, no seu lugar, está uma florista....enfim, acho que podia ter sido mais bem aproveitada. E principalmente, gostava de ter visto a biblioteca, acho que esse foi o ponto que eu queria mesmo!

 Beijinhos

1 comentário

Comentar post

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2015
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2014
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2013
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2012
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D